Devedor: quem é, o que faz, diferença dos credores, contas a receber

A diferença entre devedores e credores é que os primeiros são devedores e os segundos são as entidades que fornecem a dívida. Tanto o credor como o devedor só podem ser uma pessoa com direitos civis indiscutíveis.

Quando questionado sobre quem é o devedor, é importante dar uma definição clara que se trata de um empresário ou uma empresa com contas a receber, que pode ser dividido nos seguintes subtipos:

  • Vendeu produtos, serviços ou trabalhos executados de outra natureza.
  • Pagamento indevido para fundos não orçamentários ou não orçamentários.
  • Despesas domésticas ou de viagens de negócios.
  • Pagamentos adiantados.
  • Dívidas de loteamentos.
  • Dívidas de letras de câmbio.

O devedor, em uma palavra mais compreensível, é um ativo da empresa.

O credor é a pessoa a quem o dinheiro é devido. Ou seja, considerando os conceitos de devedor e credor, o segundo é a responsabilidade da empresa. Prática de negócios – aquisição de crédito, por um período de no mínimo 30 dias. Em alguns casos, esse empréstimo pode durar até 3-4 meses a partir da data da fatura.

Tanto o credor como o devedor devem levar em consideração todos os fatores possíveis, realizar uma análise oportuna das atividades e também tentar evitar a formação de dívidas vencidas.

Relações com o devedor: direitos e obrigações

Devedor e a receber são conceitos que implicam a dívida de uma pessoa física ou jurídica. Se uma das partes cumprir obrigações a favor da outra, é o seu próprio credor.

A contabilização de liquidações com devedores e credores prevê que os primeiros não podem alterar de forma independente os termos do contrato de dívida. Só poderá ser aberta exceção nos casos em que já esteja prevista no Contrato ou na Legislação.

Confira:  O que é um algoritmo de mineração e por que ele é importante?

As obrigações do devedor podem ser cumpridas antes do prazo. Os requisitos do devedor, nos termos da legislação em vigor, podem ser transferidos para terceiros. Aqui vale a pena distinguir entre cumprimento de obrigações e transferência de dívida. No segundo caso, é necessário o consentimento do credor.

Por exemplo, se várias pessoas atuam como devedoras, cada uma delas deve cumprir suas obrigações na mesma medida.

Veja também: Tudo o que você precisa saber sobre como comprar um estoque: o que é, tipos e características, como comprar legalmente um estoque

E se aparecer uma conta a receber?

O devedor bancário é uma pessoa com quem o trabalho requer certos conhecimentos e habilidades. Para construir esses relacionamentos com competência, você deve seguir as seguintes recomendações:

  • É necessário analisar o bem-estar financeiro do devedor.
  • Faça o procedimento de cálculo, determine os termos e o valor da linha de crédito.
  • Organize o fluxo de documentos entre as divisões estruturais.
  • Estabeleça um procedimento para cobrança de contas a receber.

Uma vez identificados esses fatores, será possível construir uma cooperação com o devedor de forma que não haja problemas com o reembolso da dívida.

direitos e obrigações do devedor

Consulte também: O que é um microcrédito? Por que eles são perigosos? Quem os emite?

Classificação de recebíveis

A auditoria das liquidações com devedores e credores é efectuada por funcionários de empresas especializadas. Se falamos de execução obrigações de dívida, aqui está a classificação será a seguinte:

  • Normal… O prazo para liquidação do débito normal ainda não chegou.
  • Atrasado… O atraso no pagamento pode levar à interrupção dos processos de produção. Para repor a situação, é necessário recorrer à captação de recursos emprestados.
  • Duvidoso… Se houver tal dívida, o credor pode ter dúvidas de que o devedor pagará a dívida integralmente. Um indicador da incerteza de pagamento pode ser o fato de o devedor começar a se esconder dos oficiais de justiça.
  • Sem esperança… As obrigações do devedor não podem ser totalmente cumpridas devido à falência ou liquidação da empresa. Aqui, o credor pode tentar cobrar os bens do devedor. Mas, como mostra a prática, muitas vezes essas tentativas são equiparadas a zero.
Confira:  Negócios com a China de A a Z: como começar, o que você precisa, como ganhar dinheiro

A contabilização das liquidações com devedores é um processo importante que permite uma compreensão clara do tipo de dívida que surgiu. Cada devedor deve levar em consideração o fato de que o reembolso tempestivo da dívida é uma garantia de eficiência da produção, além de reduzir o risco de responsabilidade.

E se o devedor não pagar a tempo?

Ao considerar quem são os credores e devedores, preste atenção a possíveis razões para o não pagamento da dívida resultante:

  • Dificuldades financeiras. Esse fator é o mais comum em uma economia moderna. A crise e outras circunstâncias indesejáveis ​​fazem com que o devedor não consiga reembolsar a dívida dentro do prazo especificado.
  • A presença de capacidade financeira, mas a falta de desejo do devedor. A formação do contas a receber pode ser justificada por uma determinada estratégia. Muitas vezes, o inadimplemento de dívidas surge pelo fato do devedor estar acostumado a viver endividado, expandindo assim seus negócios.
  • Força maior. Isso inclui desastres naturais, desastres naturais, bem como a intervenção de terceiros por parte das autoridades competentes.
  • Planos injustos. As organizações que precisam trabalhar com pessoas físicas ou com pequenos clientes sabem em primeira mão o que são devedores, que são essencialmente malfeitores. Entre os representantes de pequenas empresas, muitas vezes você pode encontrar golpistas que desejam se apossar dos recursos financeiros de outras pessoas.

Devedores e credores, cuja diferença é óbvia, devem, inicialmente, realizar um confronto de todos os fatores possíveis e uma análise aprofundada da atividade da contraparte, o que será uma garantia de reembolso atempado da dívida.

Leia também: Dropshipping – o que é e como trabalhar com isso

Em caso de necessidade, o credor pode dirigir-se ao Gabinete de Devedores. Representantes desta agência tentarão arrecadar dinheiro de todas as maneiras possíveis. Se fala sobre medidas possíveis, elas podem ser as seguintes:

  • Psicológico. Ocasionalmente, o devedor receberá ligações telefônicas solicitando o pagamento da dívida. Aqui, pode-se observar a coloração emocional mais diferente do tom do funcionário da mesa.
  • Econômico. O devedor está sujeito a sanções financeiras, multas, penalidades e assim por diante.
  • Jurídico. Na maioria das vezes, isso é uma ação judicial. Mas, antes disso, certamente será realizada a correspondência de natureza jurídica correspondente.
Confira:  Ataque russo à Ucrânia | Companheiro

Se, no entanto, os métodos listados trouxeram o resultado esperado e o devedor reembolsou parcial ou totalmente a dívida, o credor ainda excluirá essa contraparte da lista de possíveis sócios.

Número de visualizações: 47 501